Clínica de Atenção Municipal ao Idoso tem novo nome

Google Imagens
Arcanja Pinto de Oliveira, este é o novo nome da Clínica de Atenção Municipal ao Idoso, localizada na Rua Portal Beira Rio no centro do município. A proposta foi aprovada no dia 25 de novembro pelo plenário da Câmara por meio do Projeto de Lei Nº 36, de 15 de outubro de 2014. Uma iniciativa do vereador Edilson Ferreira que visa homenagear uma das figuras mais queridas da Cidade de Lauro de Freitas.
Arcanja Pinto de Oliveira era mais conhecida simplesmente como dona Arcanja. Nascida na Fazenda Repouso na cidade de Camaçari em 19 de março de 1931, dona Arcanja conheceu nosso território antes que se tornasse uma cidade, porém, apenas em 1971 passou a morar aqui. Primeiro morou no Bairro de Portão com sua mãe, depois mudou-se com seus filhos para um local até então de difícil acesso conhecido como Araquí. Vivenciou todas as etapas do nosso desenvolvimento inclusive participando de algumas, e sem a menor pretensão se tornou uma das principais matriarcas de nossa região.
Edilson justificou a homenagem como um gesto de reconhecimento a uma pessoa que se tornou um ícone laurofreitense, figura histórica que não pode ser apagada da memória municipal. “É incontestável o reconhecimento público manifesto a esta grande mulher que fez e sempre fará parte da narrativa de Lauro de Freitas. Nós como representantes deste povo devemos corresponder a consideração doada a esta figura. A aprovação desta lei não homenageia apenas dona Arcanja e sua família, é uma honra para nós e uma homenagem à nossa própria cidade”, argumentou.
Mãe de 11 filhos, dona Arcanja se tornou conhecida em todo o município pela sua personalidade marcante, sua disposição para o trabalho e extrema coragem para enfrentar as dificuldades da vida. Para sustentar seus filhos ela vendia várias mercadorias de feira em feira com um balaio na cabeça. Percorria toda a cidade de Salvador comercializando seus produtos. Até decidir instalar um pequeno comércio em sua própria casa e depois de certo tempo construir ao lado. Ela não fazia ideia que seus atos seriam responsáveis pelo desenvolvimento daquele lugarejo. Assim ela cresceu junto com o lugar e criou seus filhos. Segundo relatos, ela foi responsável pela criação de um abaixo assinado que solicitava as instalação de energia elétrica para a localidade do Araquí onde morou por mais de 40 anos.
Pessoa extremamente querida e importante na memória de tantas pessoas por todo o município. Tanto que já há algumas décadas, um espaço público formando um centro comercial local próximo a sua residencia foi nomeado pela própria população como Largo de Arcanja, e posteriormente assim oficializado pelo Poder Público Municipal.
Dona Arcanja faleceu dia 07 de fevereiro deste ano, deixando 5 filhos, 12 netos e 07 bisnetos.
Após a aprovação do plenário, o projeto de lei seguiu para a sanção do Poder Executivo que o converteu na Lei Municipal nº 1.544 de 5 de dezembro de 2014.

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram