Câmara aprova a confecção de documentos de identificação contendo grupo sanguíneo


Na tarde de ontem (20), o vereador Edilson Ferreira defendeu durante sessão na câmara, a emissão de carteiras de identificação contendo a informação do grupo sanguíneo e fator RH para alunos da rede pública municipal e servidores públicos de Lauro de Freitas.

Esta é a proposta do projeto de indicação nº 18/2012, que visa excluir uma etapa por muitas vezes fundamental em um atendimento de emergência médica.

 - Se uma pessoa chega ao setor de emergência de um hospital com uma identificação funcional ou estudantil constando uma informação que vai poupar tempo no atendimento, consequentemente acontecerá uma ajuda mútua. Todos são beneficiados médicos, pacientes e a funcionalidade do serviço público – explicou Edilson.

Um dos fatores determinantes e responsáveis pelo salvamento de uma vida pode estar na simples informação do tipo sanguíneo do paciente, que nem sempre sabe ou porta um documento com este tipo de informação, que pode ser crucial em um caso que o leve a um estado de inconsciência por exemplo.

Podemos afirmar que uma simples iniciativa como esta pode reduzir o grau de dificuldades em um atendimento de emergência, acelera o trabalho realizado pelos profissionais de saúde, uma vez que o exame para este fim se disponível, pode demorar alguns minutos para a obtenção do resultado, “uma etapa que pode ser pulada”.

A proposta foi aprovada pela câmara e encaminhada para avaliação do Poder Executivo.

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram