Projeto pretende ampliar a participação popular na aplicação dos recursos públicos

Durante a sessão plenária do dia 11 de abril, o vereador Edilson Ferreira apresentou em plenário proposta para a criação do orçamento participativo digital em Lauro de Freitas.

Segundo Edilson Ferreira, a ideia parte do princípio de que atualmente uma parcela considerável de nossa população tem acesso à rede mundial de computadores, sendo este um fator importante para uma inclusão mais abrangente de nossos cidadãos ao Orçamento Participativo municipal.

Como já acontece em várias cidades brasileiras como Joinvile (SC), Governador Valadares e Belo Horizonte (MG), esta ferramenta pode ampliar a participação popular na orientação, planejamento e aplicação dos recursos públicos. O Poder Executivo municipal disponibiliza uma página na web onde são recolhidas as opiniões da população sobre as necessidades da cidade do ponto de vista do cidadão. As atuais reuniões do Orçamento Participativo são presenciais, o que exclui uma parcela de pessoas que gostaria de contribuir com suas opiniões que podem ser recolhidas por meio digital.

- Quanto mais pessoas participarem, melhor será a definição dos novos rumos que devem ser tomados nas gestões de governo. O povo diz onde deve ser gasto o dinheiro público, isto facilita o funcionamento de uma gestão, sem falar que é extremamente democrático - explanou.

Este é sem dúvida um importante canal que possibilita ao poder público dar melhores respostas aos reclames da população. Aprovado, o projeto seguiu para análises junto ao poder executivo.

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram