Incêndio destrói Área de Proteção Ambiental em Busca Vida


Foto: João Raimundo

Nesta quarta-feira (9), um incêndio destruiu grande parte da restinga da Área de Proteção Ambiental Joanes/Ipitanga, dentro do condomínio Busca Vida, município de Camaçari. O fogo teve início por volta das 14, próximo à localidade de Jauá, onde, até a manhã da quinta-feira, ainda havia focos de incêndio. Segundo moradores do condomínio Busca Vida, onde o fogo consumiu cerca de 40 hectares da vegetação que cobre a lagoa, o corpo de bombeiros de Camaçari foi acionado às 15 horas, mas funcionários alegaram não poder intervir já que as casas, naquele momento, não corriam perigo. 15 homens da Defesa Civil de Camaçari entraram no matagal e combateram o fogo até as 23h, com ajuda de abafadores. O caminhão do Corpo de Bombeiro só entrou em ação às 21h30, quando o fogo chegou próximo a algumas casas e alc ançou uma rua que divide dois trechos da lagoa. Os 4 mil litro de água não foram suficientes para conter totalmente as chamas. Em muitos momentos, as labaredas ameaçavam os fios elétricos de alta tensão dos postes.
Fugindo do fogo, muito animais, principalmente as cobras, atravessavam as ruas e invadiam quintais desorientados. Iguana, raposa, tamanduá-mirim e centenas de espécies de aves vivem no local. Há suspeita de que o incêndio tenha sido provocado propositadamente, já que algumas testemunhas garantem que o fogo teve inicio numa área onde será implantado mega empreendimento. “Certamente foi um incêndio provocado, afinal, querem ocupar a área!” – afirmou morador de Busca Vida que preferiu não se identificar. A brigada da Ford, no Pólo Petroquímico, também foi chamada, mas não compareceu por “ser muito longe” e alegou não poder deixar a montadora descoberta.
A direção do condomínio Busca Vida está se reunindo para apurar as causas do incêndio e discutir medidas para se evitar novas tragédias. A destruição de grande área de preservação ambiental mostrou a precariedade dos serviços de combate a incêndio na região tão sujeita a queimadas. Segundo informação dos próprios bombeiros, a corporação não conta com helicóptero e os primeiros que chegaram a Busca Vida nem lanterna tinham. Com informações do Camaçari Notícias.

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram