Mais 5 mil unidades do Minha Casa Minha Vida estão previstas para Lauro de Freitas


O Termo de Adesão à segunda etapa do Programa Minha Casa Minha Vida (MCMV II), foi assinado nesta sexta-feira (25) pela prefeita Moema Gramacho, em evento na União de Municípios da Bahia. Segundo a prefeita os projetos estão aguardando aprovação da Caixa, e a quantidade de mais cinco mil unidades que deverá ser contratada lhe permitirá zerar com margem o déficit habitacional no município.

“Estou priorizando as famílias de menor renda, que recebem até três salários mínimos” - enfatizou. Segundo ela, os projetos já estão na Caixa aguardando aprovação, o que lhe permitirá zerar com margem o déficit habitacional no município.

Moema lembrou que na primeira etapa do Minha Casa Minha Vida, Lauro de Freitas foi o município que mais contratou unidades habitacionais, com 4.570 casas.

“Somente para Lauro de Freitas, foram mais de 4.500 unidades contratadas no Minha Casa, Minha Vida 1, e entregamos 1.100 chaves esta semana. Este programa é fundamental, é o sonho da casa própria, é geração de emprego, é desenvolvimento sustentável, é tudo de bom para as famílias”.

O governador Jacques Wagner frisou a importância dos programas sociais para a economia. “As pessoas olham para o MCMV, O Luz para Todos e o Bolsa Família como sendo apenas de cunho social. É bom para quem recebe e é ótimo para a economia. São investimentos públicos em programas sociais impulsionando a economia”. Ele parabenizou Moema Gramacho pela entrega, esta semana, de mais 1131 unidades do MCMV em Lauro de Freitas, que integram o Residencial Dona Lindu, no Caji Picuaia. Durante o evento, ele anunciou nova superintendência do Banco do Brasil, que será implantada em Lauro de Freitas.

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram