Arma biológica pode ser utilizada contra a dengue em Lauro de Freitas


No último dia (20), o vereador Edilson Ferreira apresentou projeto de incentivo ao plantio da “citronela e crotalária” como método natural de combate a dengue.

A citronela e a crotalária são arbustos que têm propriedades físico-químicas e podem contribuir naturalmente no combate à dengue, podendo funcionar como uma arma biológica eficaz. Segundo alguns estudos, a crotalária quando floresce atrai as libélulas, que também põem seus ovos em água parada e limpa assim como faz o mosquito da dengue. Ainda em fase de larva a libélula se alimenta das larvas de outros insetos, inclusive do aedes aegipty. Quando adulta uma libélula é capaz de comer 14% do seu peso se alimentando apenas de outros pequenos seres voadores, como abelhas, moscas, pernilongos etc.

A citronela por sua vez, é uma planta aromática de onde é extraída a matéria-prima para fabricação de repelentes contra insetos, que pode ser cultivada em vasos ou no jardim, oferecendo o mesmo efeito repelente. O uso da crotalária e da citronela como agente natural no controle e combate ao mosquito da dengue é feito por dezenas de cidades em todo o país. Uma única planta é capaz de repelir insetos em uma área de 50m², e alcançar a faze adulta em apenas seis meses.

Edilson Ferreira defende que o incentivo do plantio e cultivo destas plantas, pode ser feito através da distribuição de sementes, por meio dos agentes do programa de combate a dengue.

- Ambas as plantas podem ser cultivadas em vários lugares, como terrenos baldios, quintais, jardins, vasos, e inclusive em espaços públicos enfim não custa nada se relacionado ao dano provocado pela doença – afirmou.

Após a aprovação da câmara, o projeto de indicação nº 209/11 seguiu para apreciação do Poder Executivo Municipal.

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram