Vandalismo: Uma questão que interessa a todos


Todos nós somos responsáveis pelo espaço onde convivemos, e muitas de nossas ações incidem diretamente sobre este, como por exemplo, onde, e de forma descartamos o lixo; como utilizamos equipamentos, e serviços públicos, dentre uma infinidade de coisas, que são custeadas com a contribuição de cada cidadão.



O espaço coletivo que pode ser público ou privado sofre diariamente com o vandalismo, um dos principais fatores de prejuízo aos cofres públicos. Existem várias formas de coibir ações de destruição do bem público, com esta intenção, é que o vereador Edilson Ferreira apresentou nesta quinta-feira (04), o projeto de indicação nº 140/2011 que pede a criação e execução do programa de zelo com parques, praças, jardins e demais espaços públicos em nosso município.


Segundo o Edilson Ferreira, em prática, o programa pode estabelecer com o passar do tempo, o senso de cidadania nos alunos de nossa rede pública de ensino, que aprenderão a respeitar e cuidar do espaço coletivo.

– Este é um projeto de prevenção, e tem resultado satisfatório onde é implantado. Porque não priorizar um programa – de ensinamento – como este? O jovem pode aprender que é mais digno, e proveitoso proteger, ao invés de destruir – destacou.

O objetivo de um programa como este é propiciar uma melhor qualidade de vida em nossa cidade, através de ações públicas voltadas para a preservação do meio ambiente, e do espaço público urbano, além de criar vínculo entre os jovens e suas comunidades, de forma a desenvolverem o mesmo objeto de mobilidade em torno do interesse da coletividade.

No ano passado a prefeitura de Salvador, por exemplo, gastou R$ 2,5 milhões para recuperar prédios e equipamentos públicos, dinheiro que poderia ser investido em diversas necessidades da cidade. Diariamente o vandalismo destrói a iluminação pública, alambrados, escolas, hospitais, praças e parques inteiros, sem mencionar empresas concessionárias que prestam serviços fundamentais, como a Embasa, Coelba, Oi, e do setor de transporte público.

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram