PRB aciona Ministério Público e pretende instalar CPI para investigar Ricardo Teixeira


Nesta quinta-feira (14), o presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, fez a entrega de um pedido de investigação sobre o presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira, protocolada no Ministério Público da União.

O objetivo é que haja uma eventual apuração das denúncias de enriquecimento ilícito e recebimento de propina do dirigente, veiculadas pela TV Record e pela TV britânica BBC. Segundo Pereira a finalidade mínima, é afastar Teixeira das decisões sobre os investimentos para a Copa em obras de infraestrutura e nos estádios, que contam com dinheiro público.

- Nós queremos que a sociedade brasileira, o telespectador, o torcedor e o brasileiro sejam protegidos das ações de pessoas como essa, que continuam se beneficiando do cargo que têm em detrimento do interesse e do dinheiro público.

Após a representação, o PRB alerta para o auto risco de deixar Teixeira à frente das decisões sobre a Copa. 

 “São inúmeros os fatos que revelam a sobreposição constante dos interesses pessoais de Ricardo Teixeira em relação a qualquer interesse coletivo atrelado à correta aplicação do dinheiro público no evento esportivo em questão”.

A bancada do PRB na Câmara, composta por 12 deputados, já se articula para instalar, a partir de agosto, uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar Teixeira. O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), Já havia feito um pedido de CPI para investigar os negócios de Teixeira, mas não houve assinaturas suficientes para sua instalação.

Com informações do R7


Assista ao vídeo da reportagem

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram