Veja por que a educação no Brasil virou um caos


Como você deve ter acompanhado pela imprensa durante toda a semana, o Ministério da Educação está planejando distribuir no segundo semestre para cerca de 6.000 escolas públicas o chamado “kit gay”, que supostamente seria um material anti-homofobia.
O kit é composto por cinco vídeos em DVD, um caderno com orientações para professores, uma carta para o diretor da escola, cartazes de divulgação nos murais do colégio e seis boletins para distribuição aos alunos em sala de aula. No entanto, quem viu parte do material pode concluir sem muito esforço que, na verdade, trata-se de um verdadeiro incentivo ao homossexualismo.
As perguntas que gostaria de deixar aqui são:
1) Por que investir o dinheiro público para incentivar uma prática que é reprovada pela esmagadora maioria da população brasileira?
2) A verba para a confecção do tal “kit gay” não seria melhor utilizada para proporcionar um salário digno aos professores?
3) Será que os responsáveis pela educação no Brasil não estão preocupados com a condição social dos educadores, dos mestres, daqueles que entram na sala de aula com a missão de educar de fato nossas crianças?
4) Por que não vemos ações para melhorar a qualidade do ensino na escola? Não é novidade para ninguém que, infelizmente, em nosso país são incontáveis os alunos que passam de ano sem sequer saber ler ou escrever.
Muitas questões para poucas respostas, mas, sendo este blog um espaço para a democracia, para a troca de ideias e reflexões, mostro abaixo aquele que - para os que estão realmente atentos ao retrato de nosso sistema de ensino - foi o vídeo definitivo. O desabafo sincero de uma professora do Rio Grande do Norte demonstrando uma revolta até então contida que espelha com precisão a situação de todos os professores públicos desse Brasil continental.
Marcos Pereira presidente nacional do PRB

NOTÍCIAS NO E-MAIL

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Mais lidas

Instagram